Seminário Mundo Amazônico: conexões globais, continentais e atlânticas (séculos XVII-XVIII)

Tipo: Apresentação de publicação

Local: FLUP - Sala 101

Data: 24 Março 2022

O objetivo desta comunicação é discutir o lugar da Amazônia portuguesa colonial no império e, nesse sentido, refletir sobre a maneira como podemos reescrever a sua história. Por muito tempo, considerou-se essa região isolada, retraída para o seu vasto sertão amazônico, em razão de sua desconexão das dinâmicas do Atlântico sul. Entretanto, para entender a configuração da Amazônia portuguesa é preciso compreender outras conexões. De um lado, essa conquista esteve atrelada a dinâmicas continentais, como o tráfico transamazônico de escravizados e a economia sertaneja das drogas, que ajudaram a definir (e muitas vezes ultrapassavam) as fronteiras da América portuguesa. De outro lado, a econômica amazônica se realizou a partir do comércio de gêneros, cultivados ou extraídos dos sertões, que chegavam a diversos mercados europeus a partir de Lisboa e cuja exploração foi mediada por outras experiências coloniais externas ao mundo americano e ao mundo imperial português.

Conferencista: Rafael Chambouleyron 

Professor Associado da Universidade Federal do Pará.  A sua investigação privilegia a História Social da Amazônia (século XVII e primeira metade do século XVIII), atuando principalmente nos seguintes temas: 1) território, ocupação e povoamento da Amazônia colonial; 2) natureza, economia e trabalho na Amazônia colonial. 

Local: FLUP/ SALA 101/

Horário: 15.00h

 

Ficheiros

Cartaz do Evento