VII JORNADAS DE HISTÓRIA DA HISTORIOGRAFIA

Tipo: Colóquio

Local: FLUP - Sala de Reuniões 1

Data: 25 Novembro 2021

Link para Zoom: https://videoconf-colibri.zoom.us/j/84988451457

 

CITCEM/FLUP

 

VII Jornadas de História da Historiografia

 

«Desafios da Cidadania: História e Historiografia

no conspecto das Ciências Sociais e Humanas»

 

Sala de Reuniões 1

 

Porto, 25 de Novembro de 2021

 

Programa

 

 

09H00 – Abertura.

 

 

1.ª Conferência

 

09H30 – «Depois da nação, do indivíduo e do sujeito: história política e políticas da história», por José Neves (FCSH-UNL, IHC, IN2PAST). Apresentação de Nuno Bessa Moreira (CITCEM).

 

 

Comunicações

 

 

10H30 – Sessão 1.

 

Moderação: Lurdes Macedo (ULP; CECS-UM).

 

 

«José Manuel Tengarrinha e a Cidadania: Breve Resenha Biobibliográfica», por Duarte de Babo Marinho (CITCEM; FLUP).

 

«Historiografia e Cidadania no Manifesto Theses on Theory and History (2018)», por Nuno Bessa Moreira (ULP; CITCEM) e Francisco Azevedo Mendes (ICS-UM, Lab2PT).

 

«Contributos da História Policial para a formação da cidadania nacional», por Eurico Gomes Dias (ISCSPI-ICPOL; CEPESE; CHSC; CITCEM).

 

«Os sistemas de organização do conhecimento e a investigação historiográfica: desafios (não só) metodológicos»,por Olívia Pestana (FLUP, CITCEM).

 

 

13H00 – Almoço.

 

 

Comunicações

 

 

15H30 – Sessão 2.

 

Moderação: Eurico Gomes Dias (ISCSPI-ICPOL; CEPESE; CHSC; CITCEM).

 

«Dos bolandistas aos cultores de uma historiografia científica: a necessidade do processo de crítica de fontes e o compromisso com o mundo à sua volta», por Helena Osswald (FLUP; CITCEM; CEHR).

 

«Contributos do Ensino da História para os desafios da cidadania», por Luís Alberto Marques Alves (FLUP; CITCEM).

 

«Sociologia e História: reflexão sobre as virtudes (e algumas dificuldades) de um encontro a partir de uma prática de investigação»,por Virgílio Borges Pereira (FLUP, IS-UP).

 

«“Eu sou um cidadão, brada[1]!” Breve perspetiva histórica sobre cidadania, protesto e artivismo em Moçambique», por Lurdes Macedo (ULP, CECS- UM).

 

 

Conferências de encerramento

 

 18H00 – «Contemporaneidade e Historicidade», por Rui Cunha Martins (FLUC, CEIS20). Apresentação de Francisco Azevedo Mendes.

 

19H00 – «Pensar uma história e uma memória da cidadania em Portugal: algumas notas a propósito de 1820», por Isabel Nobre Vargues (FLUC. CEIS 20). Apresentação de Duarte de Babo Marinho e João Torres Lima.

 

 

 

Organização: Nuno Bessa Moreira, Duarte de Babo Marinho & CITCEM.



[1] Moçambicanismo com origem no vocábulo da língua inglesa brother (irmão) que, adaptando a grafia e a pronúncia à língua portuguesa, mantendo o significado original.

Ficheiros

CARTAZ

PROGRAMA DETALHADO