Debates ao final da tarde. ⁝ 1 ⁝ Em torno da arte rupestre

Tipo: Reunião

Local: Zoom

Data: 15 Outubro 2021

CITCEM - Grupo «Territórios e Paisagens»

Debates ao final da tarde.

1

Em torno da arte rupestre

15 de outubro de 2021, 18h00

 

Nota Prévia: Aprovados na reunião do Grupo «Territórios e Paisagens» do passado dia 9 de julho de 2021, os Debates ao final da tarde pretendem ser um espaço de aproximação e de diálogo entre todos os investigadores do Grupo T&P e todos os investigadores do CITCEM que se quiserem juntar a nós. De uma forma informal e com uma periodicidade mensal ou bimestral, tentaremos alimentar este espaço de debate, que se pretende plural nos temas, nas cronologias e nas perspectivas. Cada sessão abrigará, dentro de uma temática comum, dois contributos de investigadores do CITCEM. Pretende-se, com esta iniciativa, contribuir para uma maior coesão do Grupo T&P e para uma troca de impressões entre todos os seus membros. A primeira sessão, por gentil disponibilidade de Maria de Jesus Sanches e de Joana Castro Teixeira, incide sobre a Arte Rupestre. Aceitamos, desde já propostas para futuras edições que devem ser enviadas por email para mbarroca@letras.up.pt.

 

 

Link para a Sessão 1 «Em torno da arte rupestre»:  

https://videoconf-colibri.zoom.us/j/86721231929?pwd=MkZVZVdtSU9rRGdIcmJFcjBvVEhOUT09

 

 

Resumo

 

Sob um título comum, esta apresentação tem dois objetivos, que correspondem a duas partes. A primeira parte será apresentada por Maria de Jesus Sanches; a segunda por Joana de Castro Teixeira.

 

Primeira parte (Maria de Jesus Sanches)

Tem como objetivo mostrar de que modo os estudos de arte da Pré-história e de arte rupestre têm uma longa tradição no ensino e investigação na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, onde, desde 1979-80, acompanharam a criação, pioneira à escala de Portugal, das variantes ao curso de História: primeiro a variante de “História da Arte e de Arqueologia”; depois as variantes de “História da Arte” e de “Arqueologia”. Esta é a oportunidade para lembrar professores pioneiros: José António Ferreira de Almeida, Carlos Alberto Ferreira de Almeida e Vitor Oliveira Jorge.

De igual modo, destaca-se a investigação e os estudos, sobretudo em arte da Pré-história (e Proto-história), plasmados em (i) artigos científicos (publicados desde 1980 até ao presente), (ii) em Dissertações de Mestrado e (iii) em Teses de Doutoramento. Cabe aqui sublinhar que a primeira (e, até ao presente, única) Tese de Doutoramento em arte paleolítica portuguesa foi desenvolvida e defendida na FLUP, por André Tomás Santos, em 2017. Deste modo, a Portvgalia (Nova Série) transformou-se numa revista de referência, bastante procurada por investigadores que estudam a arte da Pré-história.

A integração contextual da arte rupestre e da arte da Pré-história nos estudos de Arte, de Arqueologia e das Ciências Humanas em geral, será também abordada de modo informal.

 

 

Segunda parte (Joana de Castro Teixeira)

Tem como objetivo dissertar em torno da ideia “como se usa e para que serve a arte”.

Nesse sentido, procuraremos enquadrar a ideia de arte na pré-história (os seus contextos, suportes e perspectivas de integração na vida comunitária) e a sua dimensão enquanto objeto de estudo na Arqueologia. Através de alguns casos de estudo, relativos a formas de arte rupestre com diferentes cronologias e diferentes características formais, tentaremos mostrar de que forma o arqueólogo aborda estas materialidades e de que forma as integra na construção da narrativa histórica sobre as sociedades do passado. Por fim, faremos uma pequena abordagem à dimensão e problemática da arte rupestre enquanto património na sociedade contemporânea.

 

(Maria de Jesus Sanches e Joana Castro Teixeira)