Lígia Bellini

Colaborador

Informação pessoal

Nome: Lígia Bellini

Agregação: Colaborador

Grau académico: Doutoramento

Categoria profissional:

Instituição: Universidade Federal da Bahia – Programa de Pós-graduação em História

Email: ligiabellini@uol.com.br

Sumário

Doutora em História pela Universidade de Essex, Reino Unido (1992). Professora Titular da Universidade Federal da Bahia, Brasil. Foi research fellow no King’s College (1998-1999 e 2010-2011) e Heythrop College (2004-2005), da Universidade de Londres. É autora de diversos livros e artigos sobre história da cultura do mundo luso-brasileiro no período moderno. Nesta área de pesquisa, seus principais interesses são práticas da escrita, em especial de mulheres; concepções de história; e vida monástica.

Grupos de investigação

RPS - Sociabilidades e Práticas Religiosas

Grau académico

Instituição: University of Essex, Reino Unido

Ano: 1992

Grau: Doutoramento

Experiência científica/profissional atual e passada

Instituição: Universidade Federal da Bahia, Brasil

Período: Outubro 1994 - Present

Posição: Professor Titular

Teses de Mestrado / Doutoramento / Pós-Doutoramento

A coisa obscura: mulher, sodomia e inquisição no Brasil colonial. Tese de Mestrado defendida no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais, Universidade Federal da Bahia, 1987 (orientador: Prof. Dr. Luiz Roberto de Barros Mott).

Representations of the human body in sixteenth-century Portugal. Tese de Doutorado defendida na University of Essex, História, 1992 (orientadora: Professor Ludmilla Jordanova).

Atividade científica

Área principal de investigação: História da cultura do mundo luso-brasileiro no período moderno. Nesta área de pesquisa, meus principais interesses são práticas da escrita, em especial de mulheres; concepções de história; e vida monástica.

Projetos do CITCEM

Outros projetos

A história nas margens: historiografia produzida por mulheres no mundo português moderno (séculos XVI e XVII) – PL – Produtividade em Pesquisa, CNPQ, 2016 – 2020.

Escrita, oralidade e gênero. Uma proposta  de abordagem de textos portugueses do período moderno – PL - Produtividade em Pesquisa, CNPQ, 2010 – 2016.

Vida conventual e práticas da escrita entre mulheres em Portugal, nos séculos XVII e XVIII – PL – Produtividade em Pesquisa, CNPQ, 2007 – 2010.

Publicações do CITCEM

Outras publicações

A Coisa Obscura: Mulher, Sodomia e Inquisição no Brasil Colonial (1a. edição São Paulo: Brasiliense, 1989; 2a. edição Salvador: EDUFBA, 2014).

O Grande Fulcro: Representação do Corpo e Cultura Médica no Portugal Renascentista (São Paulo: Editora FAP-UNIFESP, 2016).

Lígia Bellini, Evergton Sales Souza e Gabriela dos Reis Sampaio (orgs.). Formas de crer.  Ensaios de história religiosa do mundo luso-afro-brasileiro, séculos XIV – XXI (Salvador: EDUFBA, Corrupio, 2006).

Lígia, Bellini, Antonio Luigi Negro e Evergton Sales Souza (orgs.). Tecendo histórias. Espaço, política e identidade (Salvador: EDUFBA: 2009).

Spirituality and Women's Monastic Life in Seventeenth and Eighteenth-Century Portugal. Portuguese Studies, vol. 21, Londres, 2005, p. 13-33. 

Cultura escrita, oralidade e gênero em conventos portugueses (séculos XVII e XVIII). Tempo (Revista do Departamento de História UFF), vol. 29, Niterói, 2010, p. 211-233.

Memória conventual e política em Portugal no Antigo Regime (em coautoria com Moreno Laborda Pacheco). Tempo (Revista do Departamento de História UFF), vol. 32, Niterói, 2012, p. 49-68.

Performance religiosa e mobilidade social de mulheres no Portugal dos séculos XVII e XVIII (em coautoria com Moreno Laborda Pacheco). Revista Brasileira de História, vol. 38, no. 77, Sao Paulo, 2018, p. 1-23.

Experiência de orientação

Esposas de Cristo: santidade e fingimento no Portugal seiscentista, de Leonardo Coutinho de Carvalho Rangel, Programa de pós-Graduação em História, UFBA, 2018.

Missionários do corpo e da alma: assistência, saberes e práticas de cura nas missões, colégios e hospitais da Companhia de Jesus (Goa e Bahia, 1542-1620), de Lais Viena de Souza, Coorientação Universidade de Évora, 2018.

A Cabeça do Brasil: a Cidade do Salvador e os caminhos da capitalidade na Bahia (1481-1808), de Lívia Carvalho Pedro, Programa de pós-Graduação em História, UFBA, 2017.

Ler e escrever conforme a regra: cultura escrita e a Ordem de São Bento na Bahia do século XIX, de Márcia Gabriela de Aguiar Barreto, Programa de pós-Graduação em História, UFBA, 2017.

Como se saneia a Bahia: a sífilis e um projeto político-sanitário nacional em tempos de federalismo, de Ricardo dos Santos Batista, Programa de pós-Graduação em História, UFBA, 2015.

'A magoa de ver hir esquecendo...': escrita conventual feminina no Portugal do século XVII, de Moreno Laborda Pacheco, Programa de pós-Graduação em História, UFBA, 2013.

Continuidade e descontinuidade no contexto da globalização: um estudo de feiras em Portugal e no Brasil (1986-2007), de Giovanna de Aquino Fonseca Araújo, Coorientação Universidade do Minho, 2012.

Entre vazantes, caatingas e serras: trajetórias familiares e uso social do espaço no sertão do São Francisco, no século XIX, de Elisangela Oliveira Ferreira, Programa de pós-Graduação em História, UFBA, 2008.

Honra e sexualidade infanto-juvenil na cidade do Salvador, 1940-1970, de Andréa da Rocha Rodrigues, Programa de pós-Graduação em História, UFBA, 2007.

Que PaPo é Esse?: Intelectuais religiosos e classes exploradas no Brasil (1974-1985), de Iraneidson Santos Costa, Programa de pós-Graduação em História, UFBA, 2007.

Outros

Peer Review

Consultora Ad-hoc do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPQ, Brasil. 

Consultora Ad-hoc da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES, Brasil.

Membro da Comissão científica do XXX Simpósio Nacional de História – História e o Futuro da Educação no Brasil Organizado pela Associação Nacional de História – ANPUH, a ser realizado em Julho 2019 – Recife, PE, Brasil.

Integrante do Comitê de Assessoramento de História no CNPq (Setembro 2011 – Agosto 2014).

 

Outros Projectos Científicos Internacionais

Projecto Resistance – European Union’s Horizon 2020 Research and Innovation Programme Investigadora (2018 – atual)

Projecto “Bahia 16-19 – Salvador da Bahia: American, European and African forging a colonial capital city”, patrocinado pelo International Research Staff Scheme, da União Europeia ­–Investigadora e integrante do Comitê Científico (2012 – 2016).