Maria de Fátima Gil Rodrigues da Silva

Investigador Integrado

Informação pessoal

Nome: Maria de Fátima Gil Rodrigues da Silva

Agregação: Investigador Integrado

Grau académico: Doutoramento

Categoria profissional: Professor auxiliar

Email: no_mail@letras.up.pt

Grupos de investigação

GR - Representações Locais e Globais

Grau académico

Instituição: Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra

Ano: 2005

Grau: Doutoramento

Classificação: Aprovada com distinção e louvor por unanimidade

Experiência científica/profissional atual e passada

Instituição: Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra

Período: Dezembro 1988 - Present

Posição: Docente

Teses de Mestrado / Doutoramento / Pós-Doutoramento

Tese de Doutoramento em Letras (área de Línguas e Literaturas Modernas, Especialidade de Literatura Alemã): "Magellan. Der Mann und seine Tat” de Stefan Zweig: Um exemplo de “biografia moderna” dos anos 30 sobre uma figura histórica portuguesa, apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, sob orientação da Professora Doutora Maria Manuela Gouveia Delille, em 2005.

Tese de Mestrado (área de Literatura Alemã e Comparada): A Recepção Portuguesa do Drama “Leben des Galilei” de Bertolt Brecht, apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, sob orientação da Professora Doutora Maria Manuela Gouveia Delille, em 1993.

Atividade científica

Literatura de Expressão Alemã  (sécs. XIX, XX e XXI).

Relações Luso-Alemãs (sécs. XIX, XX e XXI).

Relações entre a História e a Literatura.

Hermenêutica Intercultural.

Recepção de Stefan Zweig em Portugal.

Publicações do CITCEM

Outras publicações

Livros:

Stefan Zweig em Periódicos Portugueses dos Anos 30 e 40 do Século XX. Coimbra: CIEG, 2002, 145pp. (cadernos do cieg, nº 3).

Uma Biografia «Moderna» dos Anos 30.  Magellan. Der Mann und seine Tat de Stefan Zweig. Coimbra: MinervaCoimbra e Centro Interuniversitário de Estudos Germanísticos, 2008, 425pp. (Colecção Minerva-CIEG, nº 15).

Cartas de Inglaterra. Correspondência de Stefan Zweig para Armando Cortesão. Coimbra: CIEG, 2012, 120pp. (cadernos do cieg, nº 32).

Capítulos de Livros:

A Recepção Portuguesa de "Leben des Galilei" / "A Vida de Galileu". In: Maria Manuela Gouveia Delille(coord.): Do Pobre B. B. em Portugal. A Recepção dos Dramas Mutter Courage und ihre Kinder e Leben des Galilei. Coimbra: Minerva / CIEG, 1998, p. 107-199.

Stefan Zweig: “Entdecker” Brasiliens. In: Bernd Balzer / Irena ´Swiatlowska (Hg.): Annäherungen. Polnische, deutsche und internationale Germanistik. Hommage für Norbert Honsza zum 70. Geburtstag. Wroclaw: Oficyna Wydawnicza ATUT, 2003, p. 278-286.

Lisboa não é Vigo. Apontamentos diarísticos de Stefan Zweig. In: Ludwig Scheidl (coord.): A Cidade na Literatura de Expressão Alemã. Coimbra: CIEG, 2005 (cadernos do cieg, nº 14), p. 65-74.

Magellan im Kreis des Dämonischen. In: Matjaz Birk / Thomas Eicher (Hg.): Stefan Zweig und das Dämonische. Würzburg: Königshausen & Neumann, 2008, p. 115-121.

Gago Coutinho und Stefan Zweigs “Magellan”. In: Peter Hanenberg / Isabel Capeloa Gil / Filomena Viana Guarda / Fernando Clara (Hg.):Kulturbau: Aufräumen, Ausräumen, Einräumen. Frankfurt/M.: Lang, 2010, S. 79-88. 

Magalhães e o Demoníaco na obra de Stefan Zweig. In: Maria Teresa Mingocho / Maria de Fátima Gil / Esmeralda Castendo (coord.):Miscelânea de Estudos em Homenagem a Maria Manuela Gouveia Delille. Coimbra: Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, Centro de Investigação em Estudos Germanísticos, MinervaCoimbra, 2011, Vol. 2, p. 885-892.

Biografia “moderna”: Literatura ou História? “Wilhelm der Zweite” de Emil Ludwig, in Rogério Paulo Madeira / Maria António Hörster (coord.): O CIEG abre as suas Portas, Coimbra: CIEG, 2014, p. 83-112.

Artigos em Actas de Congressos e Revistas Especializadas:

"A Excepção e a Regra" de Bertolt Brecht: Alguns Aspectos da Versão de 1957 de Luiz Francisco Rebello. In: Margarida L. Losa / Isménia Sousa / Gonçalo Vilas-Boas (Orgs.): Literatura Comparada: os novos paradigmas. Actas do II Congresso da APLC. Porto: Afrontamento, 1996, p. 255-261.

Galileo im Zweiten Weltkrieg: Bertolt Brecht und Barrie Stavis. In: Runa. Revista Portuguesa de Estudos Germanísticos, 1996: 25 (Die Germanistik in Portugal: Dialog und Debatte. A Germanística Portuguesa em Tempo de Debate. Actas do I Congresso Internacional da Associação Portuguesa de Estudos Germanísticos), p. 248-256.

Navigare necesse est. De Magalhães a Vespúcio: três navegadores reinventados por Stefan Zweig. In: Real. Revista de Estudos Alemães, 2010: 1, p. 97-110, <http://real.fl.ul/pt/textos.page>

“Pigafetta” de Felicitas Hoppe: Viagem à Volta do Mundo na Pós-Modernidade, in: Cadernos de Literatura Comparada, 30-6/2014, p. 423-438, http://ilc-cadernos.com/index.php/cadernos/article/view/316

Nos Passos de Magalhãesde Gonçalo Cadilhe: viagem, evocação histórica e diálogo intercultural num tempo de globalização, in: Cadernos de Literatura Comparada, 34/2016, p. 173-189, http://ilc-cadernos.com/index.php/cadernos/issue/view/27/showToc

Outros

Arguente principal do júri das provas de Doutoramento em Estudos Literários, Culturais e Interartísticos, Ramo de Literatura e Cultura, da Licenciada Elisabeth Schuster, na Faculdade de Letras da Universidade do Porto (2016).