Bruno Alexandre Mareca Lopes

Colaborador

Informação pessoal

Nome: Bruno Alexandre Mareca Lopes

Agregação: Colaborador

Grau académico: Mestrado

Categoria profissional:

Instituição: CIDEHUS-UÉvora

Email: bruno-lopes85@hotmail.com

Website: https://uevora.academia.edu/BrunoLopes

Grupos de investigação

PH - Populações e Saúde

Grau académico

Instituição: Universidade de Évora

Ano: 2012

Grau: Mestrado

Classificação: 16 valores

Instituição: Universidade de Évora

Ano: 2008

Grau: Licenciatura em História - Ramo de Património Cultural

Classificação: 15 valores

Experiência científica/profissional atual e passada

Instituição: CIDEHUS-UÉvora

Período: Maio 2012 - Julho 2013

Posição: Bolseiro FCT do projecto PTDC/HIS-HIS/118227/2010

Instituição: GHP-CITCEM/UMinho

Período: Dezembro 2011 - Abril 2012

Posição: Bolseiro FCT do projecto PTDC/HIH-HIS/099228/2008

Instituição: CIDEHUS-UÉvora

Período: Novembro 2009 - Setembro 2011

Posição: Bolseiro FCT do projecto FCOMP-01-0124-FEDER-007360

Teses de Mestrado / Doutoramento / Pós-Doutoramento

LOPES, Bruno - Os pilares financeiros da Inquisição Portuguesa (1640-1773). Programa Interuniversitário de Doutoramento em História (PIUDHIst). Em curso.

LOPES, Bruno - Da investigação à valorização do património histórico local:comissários e familiares do Santo Ofício em Arraiolos nos séculos XVII e XVIII. Mestrado em Gestão e Valorização do Património Cultural - Ramo de Património Artístico e História da Arte. Évora. Univ. de Évora. 2012.

Atividade científica

Principal área de investigação: História Moderna – Inquisição.

Outras áreas científicas de interesse: História Económica, Património Cultural, Paleografia, Demografia Histórica.

Projetos do CITCEM

Nascer em Portugal dentro e fora do casamento (Séculos XVI a XX) [Mais info]

Publicações do CITCEM

SANTOS, Carlota (coord.) — «Família, Espaço e Património». Braga: CITCEM, 2011. http://ler.letras.up.pt/site/default.aspx?qry=id024id1416&sum=sim

Outras publicações

Livros

2016 – BRANCO, Manuel J. C., LOPES, Bruno e OLIVAL, Fernanda (eds.), Marcas da Inquisição em Évora: acervos do Museu e da Biblioteca Pública: catálogo, Lisboa, Apenas Livros. ISBN: 978-989-618-541-1. Disponível em: http://hdl.handle.net/10174/19986

2013 –LOPES, Bruno,AInquisição em Terra de Cristãos-Novos. Arraiolos 1570-1773, Lisboa, Apenas Livros. ISBN: 978-989-618-419-3. Índice disponível em: http://hdl.handle.net/10174/8700

2009 – LOPES, Bruno, Contributos para a História dos Tapetes de Arraiolos, Lisboa, Apenas Livros/Terramar. ISBN: 978-972-710-420-8. Índice disponível em: http://hdl.handle.net/10174/8695

Capítulos de livros com arbitragem científica

2013 – OLIVAL, Fernanda; GARCIA, Leonor Dias; LOPES, Bruno; SEQUEIRA, Ofélia, «Testemunhar e ser testemunha em processos de habilitação (Portugal, século XVIII)», In LÓPEZ-SALAZAR, Ana Isabel; OLIVAL, Fernanda; FIGUEIROA-REGO, João (coord.), Honra e sociedade no mundo ibérico e ultramarino: Inquisição e Ordens Militares (séculos XVI-XIX), Casal de Cambra, Caleidoscópio, 2013, pp. 315-349. ISBN: 978-989-658-197-8. Disponível em: http://goo.gl/laZcCL

Artigos em revistas com arbitragem científica

2016 – LOPES, Bruno, «Os dinheiros da Inquisição portuguesa: o exemplo dos tribunais de Évora e Lisboa (1701-1755)», in Revista de História da Sociedade e da Cultura, n.º 16, pp. 189-215. Disponível em: http://hdl.handle.net/10174/20561

2016 – LOPES, Bruno, «A Inquisição nas terras periféricas: comissários, notários e familiares do Santo Ofício em Montemor-o-Novo (sécs. XVI-XIX)», in Almansor, 3.ª série, n.º 2, pp. 11-69. Disponível em: http://hdl.handle.net/10174/20557 

2015 –FAÍSCA, Carlos Manuel;LOPES, Bruno, «Desigualdade de rendimento no Alentejo do Antigo Regime: Arraiolos, Avis e Portalegre (1690-1725)», In Análise Social, n.º 215, l (2.º), pp. 330-354. Disponível em: https://goo.gl/1yVtm2

Actas de congressos com arbitragem científica

2016 – LOPES, Bruno, «Sustentar a Inquisição com rendimentos eclesiásticos: uma aproximação ao tema (séculos XVI-XVIII)», In García Fernández, Máximo (edi.), Familia, Cultura Material y Formas de Poder en la España Moderna, Madrid, Fundación Española de Historia Moderna, 2016, pp. 737-749. Disponível em: http://digital.csic.es/handle/10261/133951

Actas de congressos sem arbitragem científica

2014 – LOPES, Bruno, «Uma primeira aproximação às contas da Inquisição portuguesa: o tribunal de Évora (1670-1770)», In Actas das XV Jornadas de Historia en Llerena: Inquisición, Llerena, Sociedad Extremeña de Historia, 2014, pp. 77-94. ISBN: 978-84-606-7656-0. Disponível em: http://hdl.handle.net/10174/14875

2013 – LOPES, Bruno, «Familiares do Santo Ofício, População e Estatuto Social (Évora, primeira metade de Setecentos)». In I Congresso Histórico Internacional: As Cidades na História: População, Vol III, parte 2, [Guimarães], Câmara Municipal, pp. 277-308. ISBN: 978-989-8474-14-8. Disponível em: http://goo.gl/zlfu7Z

2013 – LOPES, Bruno,«Os Familiares do Santo Ofício de uma localidade do Sul de Portugal (Arraiolos): perfil social e recrutamento», In SERRANO, Eliseo, De la tierra al cielo. Líneas recientes de investigación en Historia Moderna,  Zaragoza, Institución Fernando el Católico, Excma Diputación de Zaragoza, pp. 53-83. ISBN: 978-84-9911-234-3. Ponencias vol. impreso 172 p. + comunicaciones en CD, 1084 p.. Disponível em: http://hdl.handle.net/10174/8627

Outras publicações

2014/Junho – NUNES, António Castro; LOPES, Bruno; REIS, Mónica Esteves, Apresentação do dossiê «Conectando Historiografias», in Revista 7 Mares: Revista de pós-graduandos em História Moderna da Universidade Federal Fluminense. Vol. 2, n.º 4. Disponível em: http://goo.gl/PTxyfV

Prémios e distinções

2013 – Medalha de mérito municipal – classe cultural, atribuída pela Câmara Municipal de Arraiolos, no âmbito das comemorações do 25 de Abril de 1974.

2008 – Bolsa de Estudo por mérito da Licenciatura em História – Ramo de Património Cultural referente ao ano lectivo 2006/2007, atribuída pela Universidade de Évora.

2004 – Prémio Borralho dos Reis – Melhor aluno do Ensino Secundário no ano lectivo 2003/2004, atribuído pela Escola Cunha Rivara de Arraiolos.