Territórios e Paisagens

Este Grupo de Investigação (GI) estuda a paisagem e a organização do território que lhe está associado, sobretudo no norte de Portugal, investigando vestígios milenares da presença humana, acumulados por processos de continuidade e mudança.

O GI inclui especialistas com formação em Arqueologia, História, Arquitetura, Geografia Humana e Física, sendo de natureza interdisciplinar. O GI assume que a coesão territorial se baseia no conhecimento da identidade cultural de cada região, sendo esta informada pela sua história e património, paisagem construída, artefactos culturais e tendências de povoamento, na sua interação com o desenvolvimento regional, social e económico.

Este GI abarca vias de pesquisa abrangentes, investigando, por exemplo, a história das migrações na sua relação com as paisagens rural e urbana, nos séculos XIX e XX; o desenvolvimento socioeconómico e cultural da região do Douro; e o património arqueológico e vernacular – marítimo, industrial e rural – evidenciado na paisagem.

O Grupo tem vindo a estabelecer colaborações interdisciplinares de relevo, entre outras com o CEAU - Centro de Estudos de Arquitetura e Urbanismo da UP. Tem igualmente colaborado com parceiros institucionais locais, e investido num conjunto de ações de disseminação, incluindo congressos e publicações internacionais.

Para o período de 2018-2022, este GI pretende investigar o funcionamento efetivo de comunidades locais e regionais em mudança, na sua articulação com identidades, territórios e paisagens. Essa investigação será integrada num quadro nacional e internacional comparativo mais abrangente. O GI assume que o conhecimento estratificado do passado é um contributo indispensável, simultaneamente para a gestão do património cultural e para a prossecução de um desenvolvimento sustentável.

Estrutura