SEPULTURAS ESCAVADAS NA ROCHA ​NA FACHADA ATLÂNTICA DA PENÍNSULA IBÉRICA/ROCK-CUT GRAVES OF THE IBERIAN PENINSULA ATLANTIC FAÇADE (Call for papers até 15/03/2017)

Tipo: Congresso

Local: FLUP

Data: 19 Outubro 2017 20 Outubro 2017

As sepulturas escavadas na rocha foram uma manifestação sepulcral típica da Península Ibérica. Com efeito, apesar de se conhecerem alguns exemplos fora do espaço ibérico, é neste que se concentra a esmagadora maioria dos casos conhecidos. Durante décadas, a classificação cronológica destes sepulcros foi objeto de acesa polémica entre os arqueólogos e, embora a sua medievalidade seja hoje um dado adquirido, continuamos a lutar com dificuldades para definir os momentos de aparecimento e de extinção desta moda sepulcral. As sepulturas escavadas na rocha são, ainda, um precioso veículo para o estudo de questões que se prendem com o modelo de povoamento, com a organização eclesiástica, com a difusão da rede paroquial, com aspetos sócio-económicos e das mentalidades, etc. O Congresso de 2017 pretende ser um fórum de reflexão sobre estes e outros aspetos no que respeita às sepulturas escavadas na rocha da fachada atlântica da Península, definida aqui de uma forma ampla, abarcando o País Basco, a Cantábria, as Astúrias, a Galiza e Portugal.
Sugerem-se alguns tópicos de abordagem:

  1. Sepulturas escavadas na rocha: cronologias e tipologias. Dos exemplos mais antigos, na origem de uma moda sepulcral, aos exemplos mais tardios. Diversidade tipológica e repartição espacial.
  2. Sepulturas escavadas na rocha e povoamento: os cemitérios rupestres na abordagem da matriz de povoamento medieval.
  3. Sepulturas escavadas na rocha e a organização religiosa do espaço: sepulturas isoladas, agrupadas e cemitérios; a organização espacial dos cemitérios; a difusão da rede paroquial. 
  4. Sepulturas escavadas na rocha e outras formas de enterramento contemporâneas.
  5. Sepulturas escavadas na rocha: levantamentos regionais e mapeamento de novos sítios.

Rock-cut graves were a typical sepulchral manifestation of the Iberian Peninsula. Indeed, even though there are some examples outside the iberian space, it is here that the vast majority of the known cases is situated. For decades, the chronological classification of these sepulchres was object of a heated debate among archeologists and, allthough its medievality is nowadays taken for granted, we keep struggling with difficulties in defining the moments of appearance and extinction of these sepulchral types.
Rock-cut graves are, still, a precious vehicle for the study of matters related with the model of settlement, the ecclesiastical organization, the diffusion of the parochial structure, socio-economic and mentality aspects, etc. The 2017 Congress aims to be a forum of reflection on these and other aspects concerning graves carved in rock of the Peninsula Atlantic façade, here defined in a broader sense, covering the Basque Country, Cantabria, Asturias, Galicia and Portugal.
Some approach topics are suggested:

  1. Rock-cut graves: chronologies and typologies. From the earlier examples, at the origin of a sepulchral pattern, to the latest examples. Typological diversity and spatial distribution.
  2. Rock-cut graves and settlement organization: rock graveyards on the approach of the models of medieval settlement.
  3. Rock-cut graves and the spatial religious organization: isolated graves, grouped graves and cemiteries; spatial organization of the cemiteries; diffusion of the parochial structure.
  4. Rock-cut graves and others forms of contemporary burial.
  5. Rock-cut graves: regional surveys and mapping of new sites.

Propostas:
Máximo 300 palavras + 4 palavras-chave
Resumo Biográfico de cada autor: 10 linhas
Times New Roman, tamanho 12, espaçamento entre linhas 1,5

Abstracts:
Maximum 300 words + 4 Keywords
Brief Biography of each author: 10 lines
Times New Roman, size 12, space between lines 1,5

Data limite/Deadline:
15 de março de 2017/ 15 March 2017

Envio de propostas/Abstracts submissions: congresso.ser@gmail.com

Para mais infomações: http://congressoser.weebly.com/

Ficheiros

Cartaz «Sepulturas escavadas...»