Palestra "'Environmental history and South Africa", por Jane Carruthers

Tipo: Outros

Local: Galeria da Biodiversidade - CCV 15h30

Data: 23 Abril 2018

PALESTRA “ENVIRONMENTAL HISTORY AND SOUTH AFRICA”, POR JANE CARRUTHERS

GALERIA DA BIODIVERSIDADE – CENTRO CIÊNCIA VIVA, 23 DE ABRIL DE 2018 – 15H30

 

 

Na próxima segunda-feira, dia 23 de Abril, pelas 15h30, em colaboração com o Centro de Investigação Transdisciplinar «Cultura, Espaço e Memória» e a Rede Portuguesa de História Ambiental, oMuseu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto acolherá na Galeria da Biodiversidade – Centro Ciência Viva a palestra “Environmental history and South Africa”, por Jane Carruthers, Professora Emérita do Departamento de História da Universidade da África do Sul (Unisa) e Investigadora Associada do Centro de Biologia da Invasão da Universidade de Stellenbosch.

 

Jane Carruthers é membro da Royal Society of South Africa, da Academy of Science of South Africa e do Clare Hall, na Universidade de Cambridge. Tem vindo a ocupar cargos de liderança em diversas sociedades e em corpos editoriais, entre os quais se destacam o de Fundadora e Presidente do International Consortium of Environmental History Organizations, sedeado na Universidade de Duke, e o de Presidente do Rachel Carson Center for Environment and Society, em Munique. Reconhecida internacionalmente pelo trabalho acerca da história da conservação da natureza, ornitologia, botânica e biologia na África do Sul, publicado em numerosos livros e revistas académicas, realizou várias estadias no estrangeiro e recebeu vários prémios e distinções, incluindo o 2018 Distinguished Scholar Award, promovido pela American Society for Environmental History. A sua tese de doutoramento, “The Kruger National Park: A Social and Political History (1995)”, tornou-se um trabalho de referência mundial. O seu projecto de investigação mais recente deu origem a um livro -  “National Park Science: a century of research in South Africa” - acerca da história das ciências naturais nos parques naturais de África do Sul, ao longo do século XX.

 

Entrada livre e gratuita, limitada à capacidade do espaço. A língua oficial da sessão será o inglês.

 

Ficheiros

Cartaz